Dislike no Facebook: é isso mesmo que você está pensando?

Design é sinônimo de confiança
15/09/2015
5 dicas para melhorar a sua mesa do trabalho
21/09/2015
Todos

Dislike no Facebook: é isso mesmo que você está pensando?

contem_blog_imgprincipal_set16

Desde que o Facebook é Facebook, os usuários da rede pedem algo além do simples curtir, compartilhar ou comentar: a opção “não curti”. Depois de mais de 10 anos do site no ar, o famoso botão que nunca existiu parece que finalmente vai vir à tona.

Foi o que revelou o CEO Mark Zuckerberg em um evento  de perguntas e respostas nos escritórios do Facebook. Mas, como tudo na vida, há um porém, e a opção dislike não é bem o que o público está esperando.

O empresário afirmou que a rede social não pretende criar um sistema de avaliação positiva ou negativa, assim como acontece em fóruns como o Reddit e 9GAG. Na verdade, ele já explicou que este mecanismo não seria “benéfico para a comunidade”.

Então, para que serve o botão “não curti”?

Basicamente, a opção seria uma forma das pessoas mostrarem empatia com seus amigos na rede. Um exemplo: quando um ente querido de um colega seu morre, você realmente se sente confortável curtindo a publicação em que ele anuncia a perda?

Para estes casos, um botão que mostrasse que você está triste – ou seja, “não curtiu” – a informação seria muito mais cabível, na opinião de Zuckerberg. Ele também citou a recente crise dos refugiados na Europa: ninguém quer curtir estas publicações trágicas, no entanto, as pessoas não têm outra opção para mostrar empatia.

Apesar das informações, o CEO afirmou não ter um prazo de entrega da nova função, apenas que ela já vem sendo projetada há um tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *